A grande final das 7 Maravilhas Doces de Portugal, transmitido este sábado à noite em direto na RTP 1 desde Montemor-o-Velho, revelou os sete vencedores do concurso.

O Folar de Olhão, foi eleito um dos sete vencedores.

Recorde-se que na final disputaram o título a Amêndoa coberta de Moncorvo; as Barrigas de Freira; o Bolinhol de Vizela; os Bons Maridos; a Brisa do Liz; os Charutos dos Arcos; a Crista de Galo; a Filhós de Cabrela; o Folar de Olhão; o Mel Biológico do Parque Natural de Montesinho; os Ovos Moles de Aveiro; o Pastel de Tentúgal; o Porquinho Doce e as Roscas de Monção.

O autarca António Miguel Pina a representar a candidatura do Folar de Olhão, confidenciou na hora de receber o prémio, que estava numa grande expetativa, «o dia hoje não começou fácil, logo de manhã quando o programa começou não estávamos nos sete primeiros, mas ao longo do dia, através da muita sensibilização que foi feita nas redes sociais e o trabalho da nossa claque, conseguimos eleger o Folar de Olhão como maravilha de Portugal».

O Presidente da Câmara Municipal de Olhão, agradeceu à claque pelo trabalho que fez em todo o processo até à final, mas também à RTP, cumprimentando todos os representantes das candidaturas que participaram no concurso.

As 7 Maravilhas Doces de Portugal são:

Folar de Olhão:Distrito de Faro

Amêndoa coberta de Moncorvo:Distrito de Bragança

Roscas de Monção:Distrito de Viana do Castelo

Crista de Galo:Distrito de Vila Real

Mel Biológico do Parque Natural de Montesinho:Distrito de Bragança

Charutos dos Arcos:Distrito de Viana do Castelo

Bolinhol de Vizela:Distrito de Braga

Fonte: https://www.algarveprimeiro.com/d/folar-de-olhao-vencedor-das-7-maravilhas-doces-de-portugal-/28341-1